segunda-feira, 16 de março de 2009

Aperte seu sinto
Respire pausadamente
Pausadamente
Esqueça o tic-tac do relógio
O mundo gira exatamente no mesmo compasso, e isso independe da sua vontade
O amor está onde sempre esteve, e vive, como sempre
E como nunca : forte, verdadeiro, e livre
Livre
Pré-conceitos, idealizações, voltas e voltas que isso tudo dá
E como não poderia deixar de ser, o que existe se mostra vez ou outra
Entre essas e aquelas esquinas
Respire pausadamente
Aperte seu sinto
A conta da saudade ainda está pendente

by carla cipullo

2 comentários:

mαy™ disse...

Brilhante esse texto!! Nossa, fiquei de boca aberta com a sagacidade do 'sinto' *-*

Kleber Saraiva disse...

Saudades de vc !!! depois entra no meu blog tb lindona
http://rootsgate.blogspot.com/

Postar um comentário